Durante a pandemia COVID-19, os animais de companhia podem necessitar de ser transportados ao Hospital Veterinário por variados motivos. Consulte abaixo as recomendações emitidas pela Associação Portuguesa de Médicos Veterinários Especialistas em Animais de Companhia (APMVEAC), a Federação Veterinária Europeia (FVE) e a Federação Europeia de Asscociações de Médicos Veterinários de Animais de Companhia (FECAVA).

AVISO IMPORTANTE
 
Em virtude do surto de infecção provocada pelo vírus Covid-19, e a fim de reduzirmos a afluência de pessoas às nossas instalações, pedimos a compreensão dos nossos clientes para que venham ao Hospital Escolar FMV-ULisboa apenas em situação de urgência ou para controlos não adiáveis de doenças crónicas ou oncológicas.

Cuidados a ter relativamente à doeça causada pelo Novo Coronavírus (COVID-19) e aos animais de companhia

Desde o final do ano de 2019, um surto de pneumonia em humanos na China tem vindo a atrair a atenção de todo o Mundo relativamente ao novo coronavirus (designado SARS-Cov-2), considerado um risco potencial de saúde pública a nível internacional. Este novo vírus foi identificado inicialmente na cidade chinesa de Wuhan, capital da província de Hubei. Entretanto, o vírus viajou por todo o Mundo, tendo chegado a Portugal a 2 de Março de 2020.

Caro colega,

 

Foi criado um documento que lhe permite referenciar, mais facilmente, um paciente para o Hospital Escolar Veterinário FMV-ULisboa. Poderá fazer o Download do documento aqui

Cirurgia de catarata bilateral por facoemulsificação bimanual com implante de lente intraocular num cão 
 
As cataratas são um dos diagnósticos mais frequentes em oftalmologia veterinária, constituindo a principal causa de cegueira em cães. A abordagem cirúrgica é a única resolução eficaz, sendo a facoemulsificação a técnica de eleição. O presente caso clinico descreve a correção cirúrgica de cataratas bilaterais num canídeo pela técnica de facoemulsificação bimanual com implante de lente intraocular.
A Medicina Interna é uma área que estuda, de forma mais aprofundada e criteriosa, os casos mais complexos que possam ser apresentados aos clínicos de primeira opinião. No Hospital Escolar Veterinário FMV-ULisboa, as consultas de Especialidade em Medicina Interna são efectuadas pelo Dr. Rodolfo Oliveira Leal, especialista europeu em Medicina Interna (Diplomado pelo colégio Europeu ECVIM-CA) e um dos primeiros com este grau a trabalhar em Portugal. Os médicos veterinários podem referenciar os seus casos para a consulta de Medicina Interna, utilizando o formulário que podem solicitar por e-mail. 
 

Faculdade de Medicina Veterinária da ULisboa dispõe de uma Unidade de Isolamento para internamento de animais com doença infeciosa confirmada ou com suspeita clínica de doença infeciosa a aguardar diagnóstico. A UIDI destina-se ao internamento em isolamento de pacientes provenientes do Hospital Escolar da FMV/ULisboa ou referenciados por veterinários externos à FMV/ULisboa.
Nesta Unidade são ainda realizadas consultas de Referência de Doenças Infeciosas pela Prof. Solange Gil. Marcações realizadas utilizando o email Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar .

Unidade de Isolamento

 

 

 

 

 

A acumulação de placa bacteriana, tártaro e consequente doença periodontal, são problemas que afectam um elevado número dos nossos animais de companhia (alguns estudos relatam 80% de incidência). As raças de cães miniatura são as mais predispostas, mas podem ser afectadas quaisquer raças de cães e gatos

O colapso de traqueia é uma doença crónica, progressiva e irreversível, que é consequência de um processo degenerativo da cartilagem que forma os anéis traqueais
 
 
 

Pág. 1 de 2